Exper News - TI

Tecnologia da Informação

 


Brasil e Coreia do Sul inauguram unidade de TI em MG

fonte Portal Brasil

Iniciativa possibilitará intercâmbio de informações e estudos para o desenvolvimento tecnológico

Na última quinta-feira (15), foi inaugurado o Centro de Cooperação em Tecnologia da Informação e Comunicação (CCTIC), localizado no município mineiro Santa Rita do Sapucaí. A unidade é fruto da parceria entre Brasil e Coreia do Sul.  

A unidade de pesquisa possibilitará intercâmbio de informações e estudos para o desenvolvimento tecnológico, em especial em torno da quinta geração de comunicação móvel (5G) e de Internet das Coisas (IoT).

A ação, lançada pelo Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), conta com o apoio dos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e da Ciência, Tecnologias da Informação e Comunicação e Planejamento Futuro (MSIP, na sigla em inglês). 

O diretor do Inatel, Marcelo Marques, prevê a geração de novas frentes de desenvolvimento para instituições e empresas brasileiras e coreanas, com reflexos diretos no desenvolvimento econômico e social dos dois países. Ele havia assinado, em dezembro de 2016, no MCTIC, o acordo de colaboração que estabeleceu o CCTIC, ao lado do diretor da NIA, Myungha Hong.

Estima-se que o trabalho em conjunto seja executado em três anos e envolva profissionais do Inatel e da Agência Nacional de Sociedade da Informação da Coreia do Sul (NIA, na sigla em inglês). Responsável por projetos semelhantes no Chile, na Colômbia e no México, o governo sul-coreano deve investir US$ 1 milhão no projeto.

Inatel

Fundado em 1965, em Santa Rita do Sapucaí, o Inatel é um centro de excelência em ensino e pesquisa de engenharia de telecomunicações e outros cursos de graduação associados. A instituição é privada e sem fins lucrativos, mantida pela Fundação Instituto Nacional de Telecomunicações (Finatel). 

NIA

Estabelecida em 1987 e hoje ligada ao MSIP, a NIA é a principal instituição de pesquisa estatal sul-coreana em temas como governo eletrônico e infraestrutura de TICs. A agência mantém projetos conjuntos com mais de 80 países, dentre CCTICs, centros de acesso à informática e programas de capacitação.